Conferencistas

Adrián Gorelik

Nasceu em Mercedes (Buenos Aires) em 1957. É arquiteto e doutor em História pela Universidad de Buenos Aires; é pesquisador independente do CONICET e Professor Titular da Universidad Nacional de Quilmes. É membro do conselho diretor da Prismas – Revista de História Intelectual – e foi subdiretor da revista de cultura Punto de Vista. Foi bolsista do Guggenheim (2003), foi nomeado Simón Bolívar Chair na University of Cambridge (2011) e é membro do Wissenschaftskolleg de Berlim (2016). Entre seus principais livros publicados podemos mencionar: La sombra de la vanguardia. Hannes Meyer en México, 1938-1947 (em colaboração com Jorge Francisco Liernur, 1993), La grilla y el parque. Espacio público y cultura urbana en Buenos Aires, 1887-1936 (1998), Miradas sobre Buenos Aires. Historia cultural y crítica urbana (2004), Das vanguardas a Brasília. Cultura urbana e arquitetura na América Latina (2005), Correspondencias. Arquitectura, ciudad, cultura (2011) e Tafuri en Argentina (em colaboração com F. Aliata, A. Ballent, A. Crispiani, M. Daguerre, J. F. Liernur e G. Silvestri, 2019). Junto com Fernanda Arêas Peixoto organizou o livro coletivo, Ciudades sudamericanas como arenas culturales (2016, com edição em português em 2019).


José Eduardo Ferreira Santos.

Pedagogo (UCSal), mestre em Psicologia (UFBA), doutor em Saúde Pública pela Universidade Federal da Bahia e fez estágio pós–doutoral em Cultura Contemporânea (PACC/UFRJ), no Instituto de Psicologia da UFBA e no Programa de Pós–Graduação em Família na Sociedade Contemporânea da UCSal, pelo Programa Nacional de Pós–Doutorado (PNPD/CAPES). Atualmente é pesquisador, curador e responsável pelo Acervo da Laje, que reúne obras artísticas e históricas do Subúrbio Ferroviário de Salvador.


Wlamyra R. de Albuquerque

É mestre em História pela Universidade Federal da Bahia (1997), doutora em História Social da Cultura pela Universidade Estadual de Campinas (2004) e realizou pós-doutorado, na modalidade Estágio Sênior, no Latin American Studies/Harvard University (2015), com bolsa CAPES. Professora da área de História do Brasil do Departamento de História da Universidade Federal da Bahia. Coordenou entre 2016-2018 o Programa de Pós-Graduação em História (UFBA). Orienta pesquisas sobre emancipação, abolição, racialização e pós-abolição no Brasil. Autora de “O jogo da Dissimulação – abolição e cidadania no Brasil”, dentre outros. Em 2010, o seu livro em co-autoria com Walter Fraga Filho, “Uma história da cultura afro-brasileira”, recebeu o Prêmio Jabuti, na categoria didático e paradidático. Em 2013, o livro “O que há de África em nós”, também em co-autoria com Walter Fraga, foi finalista da categoria paradidático do prêmio Jabuti. Co-editora da Revista Afro-Ásia entre 2013 e 2018. É membro da Academia Baiana de Ciências e pesquisadora Produtividade CNPq.